Precificação Estratégica Pró-Ativa c/ Custeio Gerencial


"Nossas soluções gerenciais proporcionam ganhos de no mínimo 30% na lucratividade líquida, além de serem as únicas que possibilitam obter a excelência em produtividade, a proatividade e outras reais vantagens competitivas"

Idealizamos o "Custeio Gerencial" para subsidiar melhor e mais rapidamente a gestão das empresas, e para possibilitar a "Precificação Estratégica Pró-Ativa".

O "Custeio Gerencial" não é para substituir e sim para coexistir com o Custeio Contábil que é o que atende a legislação e é utilizado pelas Contabilidades.

O Custeio Contábil é voltado às autoridades tributárias, aos acionistas e aos credores enquanto que o "Custeio Gerencial" atende as outras áreas da empresa, ou seja, as 4 ciências: Administração, Economia, Engenharia e Marketing.

Qualquer sistema de custos atual são ultrapassados, não atende as 4 ciências e não promove a sinergia entre as áreas.

O "Custeio Gerencial" atende as 4 ciências e promove a sinergia entre as áreas.

A "Precificação Estratégica Pró-ativa" é completa porque abrange tanto as operações fundamentais das empresas (todos os processos internos técnicos e administrativos) quanto as operações financeiro-mercadológicas, e promovem a Excelência em Produtividade, portanto é mais eficaz do que o Pricing que só abrange as operações financeiro-mercadológicas.

É a única precificação que obtem os preços de vendas considerando também as Horas Paradas e proativamente as Previsões de Vendas (retrata portanto as variações nas demandas), permitindo simular quaisquer novas situações e na hora obter os novos preços com seus respectivos lucros, o que propicia a Excelência em Produtividade.

Também fornece na hora a cada simulação de demanda as horas necessárias para atendê-las, portanto define técnicamente tudo o que uma empresa necessitará (pessoal, materiais, máquinas, etc...) para atender as Previsões de Vendas simuladas.

A "Precificação Estratégica Pró-Ativa remete a um novo ciclo operacional nas empresas tendo as previsões de vendas como ponto de partida, exatamente como o Marketing precisa e ensina. A partir das previsões tudo acontece.

O gestor recebe as Previsões de Vendas as inclui no sistema, e na hora vai estrategicamente definindo os lucros líquidos por produto e do mix de produtos e seus respectivos novos preços de vendas. Só após sua autorização o ciclo prossegue.



O Marketing se firmou como uma disciplina estratégica quando nos anos 60 na Harvard Business School (HBS), o professor Raymond Corey disse:

"A definição do preço é o momento da verdade, tudo no marketing entra em foco na decisão do preço".



"Mas só com a "Precificação Estratégica Pró-Ativa isto é possível"